Olha a criança!!!

Ok, vamos falar atrasadamente do temporal que assolou a cidade de São Paulo na última terça-feira. Como participante do ocorrido, devo dizer que foi o ó do borogodó. Enquanto comia meu brigadeiro de todas as sextas-feiras (dessa vez, acompanhado de pipoca), refleti bastante sobre o caso e cheguei às seguintes conclusões:

1. Sair de sandália (gladiators, yeah!) em dia de chuva não dá. Se vc avistar uma nuvenzinha mais escurinha no céu, por favor, ponha um sapatinho fechado. A única coisa boa de usar uma sandália nesses casos é que seu pezinho molhado vai enrugar e se vc quiser fazer as unhas quando chegar em casa é só cavucar com o alicate de leve que sai tudinho.

2. Nem cogitem a possibilidade de querer se proteger da chuva pegando um ônibus pra descer no metrô e depois seguir em frente. O trânsito PARA e vc, meu bein, ficará ali dentro do bonde lotado cheirando o suvaco de algum trabalhador que se lambuzou com leite de rosas há algumas semanas atrás, já tomou banhos "tcheco" umas 5 vezes e ainda não esfregou o suvaco suficientemente pra sair o odor agradável de "nhaca".

3. Na medida do possível, espere a hora do rush passar. Fique no lugar que vc está, faça um lanchinho, ouça suas músicas, puxe assunto com a caixa do supermercado, faça qualquer coisa! Infelizmente, em dia de chuva, as pessoas se multiplicam. É impressionante, ocorre uma meiose humana em direção aos transportes públicos.

4. Essa meiose acarreta em efeitos muito interessantes. Vamos a eles:

a) Efeito senhora: trata-se da super lotação dos vagões do metrô. Geralmente acontece na estação Sé. Vc quer entrar no vagão, fica horas esperando a sua vez de finalmente chegar à porta. Ai vem o metrô, a porta se abre lindamente a sua frente. Só que tem tanta gente pra entrar que as pessoas de trás acabam te empurrando, te empurrando e PLUFT! Vc sai pela porta do lado de lá do vagão. O nome do efeito deve-se à grande incidência de senhoras participantes do mesmo.



b) Efeito lá vai mais uma roupa: o vagão tá tão lotado que vc entra ensardinhado com outros seres humanos, se empurra, prende a respiração. A porta fecha na sua perna. PAFT! A porta se abre novamente. Vc se encolhe mais, a porta fecha na bolsa na moça do seu lado. Ahhh! Agora deu! Deu que vc está preso. Primeiro pq a Lei da Física é quase colocada em cheque de tanta gente querendo ocupar o mesmo lugar no espaço. Segundo pq a sua roupa, meu bein, está presíssima na porta do vagão e qualquer movimento significará uma rasgadinha na blusa que tanto lhe custou.

c) Efeito no metrô faço amigos de infância: ocorre quando vc não tem coragem de se ensardinhar no vagão e simplesmente se afasta da muvuca, se encostando na parede. Ai vai chegando um, mais um, outro e o papo rola solto. Quando vc vê, está conversando sobre os mais diversos assuntos, como se aquelas pessoas tivessem estudado durante anos com vc na escolinha do primário.

d) Efeito olha a criança: esse é o mais raro. Finalmente a estação que vc irá descer é a próxima. Vc precisa dar um jeito de conseguir chegar até a porta. Infelizmente isso não é possível devido ao condensamento de homo sapiens. Mas espere, ainda resta uma saída. Tentar aplicar o efeito senhora supracitado. Chegou na estação, vc vai, empurra, diz "licença, licença" quatrocentas vezes e, de repente, alguém começa a gritar OLHA A CRIANÇA!
!! Quando vc vê, não era criança nenhuma. Era só um idôneo senhor querendo sair primeiro que todo mundo.

5. Daí vc chega à conclusão que, do jeito que as coisas andam, muito provavelmente, vc terá que adicionar aos cacarecos que carrega todos os dias na bolsa/mochila (carteira, nécessaire, maquiagem, escova de dente, pincel especial para passar blush, celular, mp4, pendrive, foto da família EM porta retrato, chinelo pra hora que seu pé cansar, computador, etc) um infalível bote. Tem hora que não existe lugar pra vc passar, alaga tudo. Impossível! Prepare-se, daqui uns anos todos terão um.
6. Falando em meios de transportes aquáticos, não se assuste se alguém te perguntar se pra ir para o Ibirapuera pelo Anhangabaú vc precisaria virar a bombordo ou estibordo.

P.s. Todos os fatos relatados acima foram vivenciados por mim. Claro que acrescentei um pouquinho de emoção né, gentem???

8 comentários:

Aunt Nell disse...

oh snap! When was this? My friend who lives in Sampa said it rained and poured last month and all the subways were backed up and it was CRAZY :( Sad. Hope you and everyone is ok!?

beijos linda.

Dani Francisco disse...

It was this Tuesday, Nell. And I was kind of "there" trying to take the subway back to home. Love ya!

Daniel disse...

Nossa senti o drama...quando eu for aí, vou lembrar de colocar o escafandro e o pé de pato na mochila, hahahahaha

anna gomes disse...

dani! que firme que ta o desgner do teu blog!!! adorei!!! sério @@

ainda não li o post, mas eu vou le sim ok?

gostou da minha bonequinha? te mando o link se você quiser, é de um site muito firme que eu nem fazia idéia de que existia hehe

:*

Anônimo disse...

Nossa Dani!!!!
Muito bom teu blog. Vc escreve muito bem menininha.
E q chuva, hem???
Nossa, minha filha, o q vc foi fazer na Sé? p que isso? E se alguem te empurra e vc cai? E se te espremem na parede? Nossa...
Chama o bombeiro!
(Tomara que desta vez eu consiga postar um comentário em um blog... nunca dá certo...caramba!)

Danillo disse...

HAHAHAHAEAHIEHIAEHAIHE ! Ei, tá muito firme esse blog! Vou já encomendar um desses pra ti: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-91646434-colete-salva-vidas-flotex-parece-jaqueta-super-confortavel-_JM . SUPER CONFORTÁVEL... PARECE JAQUETA... hehehe

Lorenzo, Il Magnifico disse...

It was raining like cats and dogs!
Eu estava lá! hehe
Vale a pena adicionar as reflexçoes de hoje sobre o metro. A coisa quase Dantesca da relação entre as três linhas e Inferno, Purgatório e Paraiso.
Acho que vou acabar escrevendo algo sobre isso só para ver se engato o primeiro post no meu blog!
hehehe

Sobrevivemos!

Beijos

Caramia disse...

Formiguinhaaa! estais em sampa?! :O não creio... fazendo oq por ai?!
Eieeee... como faço pra mudar a cara do meu blog e ficar bem legal??!


=**