O dia que descobri que ter um closet é importante

Era uma terça-feira. Tudo corria bem. A tarde estava ensolarada. Me deu uma vontade enorme de comer uma saladinha com coisinhas diferentes. Sai da universidade contente, a luz do sol me faz um bem indescritível. Fui na feira, comprei tudo. Voltei pra casa. Peguei o elevador, apertei no 4. Saí do elevador e percebi que meus queridos vizinhos amantes da Mary Jane ainda não tinham iniciado a hora de ver gnomos. Ai eu abri a porta de casa, feliz e sorridente com meus legumes, verduras e afins nas sacolinhas em tons de verde da feira. Meu Deus! Tava tudo tomado... pelo gás! Joguei minha bolsa no sofá e saí correndo pra pedir ajuda pros vizinhos, os mesmos amigos do Bob (Marley). É, o cheiro de gás não vinha da minha cabeça (lembrem-se que eu tenho surtos de cheiro... pode ser de cigarro, cocô, farinha e assim vai, por isso tive que confirmar). Ai fechamos a saída do gás do fogão, eu abri todas as janelas e fiquei lá. Olhando o movimento. Pensando na vida. Em como eu poderia ter ido pros ares e virado "Dani aos Pedacinhos Flambados" (yummy). Acontece assim, não é? Quando a gente menos espera. Boom! Explodiu! Catapoft! Virou fumacinha. Fiquei triste naquela hora. E o cheiro continuava. Senti muita saudade da minha mãe. Liguei pra ela, que já atendeu com o famoso "que foi menina". Ai eu contei. Ela exigiu que eu ligasse pros bombeiros. Ai vem a melhor parte. Não gosto de desobedecer meus pais. E quando mãe fala, meu amigo... tem que obedecer. Liguei pros bombeiros, que disseram pra eu descer e esperar por eles na frente do prédio. Cinco minutinhos depois lá vem eles. Emocionante! Aquele caminhão enorme vindo Uoooooooon pelas ruas da Cidade Baixa pra salvar a pobre princesa indefesa que tava com medo de explodir pq o gás não ia embora! Eu ria por dentro, mas fiz cara de séria e preocupada. Subiram no meu apartamento e, realmente, o cheiro de gás não parava. Entraram no meu quarto. Que horror! Foi ai que eu descobri: preciso de um closet! Sou o tipo de pessoa organizada, mas que quando bagunça... poe tudo a baixo! Principalmente quando tô indecisa. Aquele era um dia de indecisão. Não sabia nada, nem que roupa vestir. Tudo feito de algodão, jeans e similares estava jogado em cima da minha cama. Eu não consigo enxergar as coisas quando elas estão dentro do guarda-roupa! Resultado: fiquei com vergonha da bagunça e eles, os bombeiros, salvaram a vida da princesa e de todos os outros moradores do prédio. A central de gás tava vazando. Se não fosse a Dona Sandra, todos tinham ido pelos ares e eu nunca ia descobrir a intensidade da minha necessidade por um closet.

Já viram A Encantada (Enchanted)? É lindo! A melhor música é essa:


6 comentários:

Aunt Nell disse...

OIIIIIIIIIIII MEU AMOR!!!

Sim! I have a blog....but I hardly use it :( How are you? I miss you! Praying for you and ....you know! Hope you are doing ok? I am here whenever you need!! God is good!

te amo!

bjs linda!

João Raiol disse...

hehehe
Mas aí teu ap teria q ser de 2 quartos!!
:P

isaaaah disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
isoldabecker disse...

aaahhh que lindo, tu é mesmo uma princesa ^^ tiraste 10 na tua dissertação na prova da federal né? :DD

eu também preciso de um closet, te amo estou com saudades :*

danipag disse...

Eu já tinha falado, mas vou deixar registrado aqui também...ótimo texto, o final então...muito bem escrito!! Um dos melhores que tu fizeste. ;)

Bjs

Luciana disse...

Foiiii horrivel, eu perdi os bombeiros gatossss!!!!!