Quando se está sem assunto

Bem pessoas queridas do meu coração de melão... Confesso que eu fiquei o dia inteiro pensando em algum assunto pra escrever aqui. E como eu estou completamente sem assunto (apesar das contribuições altamente filosóficas do Josh para que eu comentasse sobre o Bush, sobre a Bíblia ou até mesmo sobre as calças jeans super skinny que tomaram conta da humanidade fashion), resolvi comentar aqui um pouquinho sobre a arte de não ter assunto nenhum. Caramba, tem coisa mais chata do que isso? Geralmente acontece assim: vc é apresentado pra alguém e a pessoa é tão chata, tão sem graça que os comentários entre vc e ela nos primeiros 15 minutos de vida em comum é "prazer, danielle... prazer fulano... legal". Ai que coisa horrível quando não se tem o que conversar com as pessoas. Que coisa horrível quando não se sabe o que escrever no Blog (Piripimpim eu te amooo! Piripimpim eu te amooo! Piripimpim eu te amooo!).

Era pras pessoas terem tipo um buscador de assuntos na cabeça,
sabe? Acho que a gente tem isso. Se chama cérebro, será? Qual a parte do cérebro que armazena os assuntos? Como essas coisas de biologia não pertencem a minha pessoa, fui procurar no Google mesmo o que poderia ser feito quando não se tem assunto pra postar no blog. Achei isso que vou colar aqui embaixo no Memórias Fracas (não é blog de alguém que eu conheço e eu ainda não li td que eu colei ai embaixo, se vc quiser ler bacana... depois me conta a melho parte):

A infalível lista de assuntos que nunca vão se esgotar

1. Notícias.
Essa é a mais infalível de todas. Notícia tem o tempo todo, basta tentar achar aquela com a qual o público do seu blog vai se identificar com mais facilidade. Só faça o favor de copiar e colar os textos. Blog é opinião.2. Resenhas de livros e filmes.

2. Resenhas de livros e filmes.
Outro assunto que vai depender da temática do blog, ou da flexibilidade com que o autor costuma passear por vários assuntos dissonantes dos habituais. Evite os lugares-comuns. Tent
e achar um aspecto do filme ou livro que ainda não foi resenhado e será bem mais fácil atrair a atenção e posterior opinião dos leitores.

3. Histórias/Crônicas.
Contar histórias é sempre bom, mas não é todo mundo que sabe fazê-lo. Eu de vez em quando me pego pensando em como inventar crônicas, mas na maioria das vezes acabo desistindo. Sou muito mais propenso ao discurso argumentativo/opinativo.

Quer saber o que é contar histórias bem? Dê uma olhada no Substativolátil, da Mirian “Mobilon”, ou no Comentários Abertos, do Flávio Voight.

4. Moda.
Escreva sobre os hypes do momento. Esta dica, no entanto, de
ve ser usada com precaução. Você poderá não ser bem visto pelos freqüentadores habituais do seu blog. Usar sempre hypes acaba até mesmo sendo ofensivo à inteligência dos leitores. Já se o seu único objetivo é ganhar dinheiro, siga em frente que este é um bom caminho.

5. Lista.
Invente a sua própria lista de qualquer coisa, desde que seja interessante ou relevante ou pelo menos funcional. Por exemplo, “a lista das melhores cenas de High School Musical 2” certamente vai atrair montes de visitantes. Mas assegure-se de que no post realmente estão listadas as melhores
cenas do filme da Disney.

Vale lembrar que para todos esses casos sempre há a necessidade de que o texto seja bom, bem escrito e que prenda a atenção do leitor. No mais, na blogosfera pode-se tudo. Quem vai decidir se você sobrevive ou não é quem acompanha seu trabalho. Respeite essas pessoas.

Boa, não é? Prometo que da próxima vez algo bem interessante será pauta do meu Blog querido. E pra vcs uma foto minha com a minha amiga Aline Toalhinhas (que está casada e muito feliz em Manaus), enquanto a gente batia um papo cabeça no banheiro... sempre a gente tem assunto com os amigos, não é?

1 comentários:

isoldabecker disse...

huaehhuaehuhuaeuhahuhuae
omg!
eu sempre fico rindo sozinha aqui do teu blog, mas é o blog mais divertido que eu conheço, pena que o meu nunca é assim nem legal nem nada do tipo, porque talvez eu não tenha me abrido com ele ainda, por isso ainda sou triste e solitária, talvez também amanhã isso melhore ou eu podia fazer compras, o que acabaria com o meu dinheiro no início do mes :/ ah sei lá, o que me resta de melhor é estudar mesmo um beijo dani, to com saudades!