Pode ser?

Tudo bem? Vc tem um minutinho? Não, prometo que não vou demorar, queria só conversar um pouco, pode ser? Que bom que vc vai me ouvir. São apenas coisas simples que eu queria contar pra alguém. É, coisas da vida. Sabe, já tem alguns dias que eu tô doida pra tomar capuccino. Só contei isso pra uma pessoa. Infelizmente essa pessoa não tem como me ajudar em relação a isso pq mora muito longe. Ainda não tive tempo de ir atrás de um capuccino bem cremoso e com chantilly em cima. Tem um lugar aqui perto que vende um gostoso, mas que graça tem ir lá sozinha? Quer ir comigo? Não dá, né? Td bem, eu entendo. Determinadas coisas são até fáceis de entender. Pois é, hj eu vi um Jeep do jeito que eu quero. Não, não é zero quilômetro. Eu quero um Wrangler antigo, com capota. É! Com capota pra eu poder dirigir em dias de sol, com o barulho do vento passando, se misturando com a boa música que toca. Talvez um jazz ou uma bossa nova. Suave, diferente do jipe. Talvez eu vá ter que aumentar o volume no máximo pra ouvir a música. Mas vou ficar muito feliz. Hj eu também vi um senhor velhinho usando dread. Os dreads eram brancos, nunca tinha visto alguém com mais de 60 anos tão "revolution" assim. Que bom, queria conhecer aquele senhor, com certeza ele teria muito o que ensinar. Os idosos, na maioria, são extremamente sábios. Cada ruga da pele deles significa uma experiência do passado. Vc já conversou com um senhor ou uma senhora de idade? Às vezes demora pro papo embalar, mas quando embala... Vc termina a conversa cheio de esperança, pensando "poxa, um dia quero saber tanto assim". E saber tanto assim só acontece na medida que a vida acontece. Eles já tiveram sonhos, com certeza conseguiram realizar alguns deles. Outros não, mas quem se importa? O importante é prosseguir. Eu tenho muitos sonhos. É, sempre me rotulam de sonhadora. Que graça teria viver a vida sem a esperança de um futuro? Que graça teria viver a vida sem se arriscar? Bom, acho que já te aluguei demais. Obrigada por conversar comigo. Falei demais, né? Precisava falar, ando meio sozinha. Vc sabe, né? Não tem graça viver só. Se precisar conversar um dia, pode me chamar. Eu falo muito, mas também sou uma boa ouvinte.

5 comentários:

Tales Torres disse...

Pode.

Elpídio disse...

Oi Dani!!!
Interessante, como estamos parecidos... Qdo eu tinha tua idade tbém gostava de sonhar e de falar muito. Tbém quis ter um jipe e possuimos um Gurgel... Pena que ele era de capota rígida... Vc até andou nele, mas ainda na barriga de tua mãe. Continue assim, linda, sonhadora e filha do Deus altíssimo... Te amo, Seu Pai.

Por Anna Gomes disse...

tomei cappucino hoje, acho que tomo toda semana *-* convivo com alguns velinhos que pra mim são uns amores! mas com dread uahauhaua ainda não

Fellipe Francisco disse...

da hora nem li heuheuheuhuehe bjos

nubia disse...

Dani do céu, vc é muito criativa!!
só que eu acho que vc tá mais pra jornalista do que pra arquiteta,tá muito legal,parecendo que vc escreveu uma matéria pra um grande jornal!!!
M A R A V I L H O S O!!!!
P A R A B É N S!!

TIA NÚBIA.